8.6.18

>> Metade do ano se passou, e o que eu fiz?...


Se alguém aqui acompanha o blog, mesmo que de longe, sabe o quanto fiquei ausente nesse ano de 2018, algo que eu realmente NÃO planejava e que me afetou muito. Algo que ainda me abalou mais foi o post Metas para 2018!, o qual cito minhas metas para o ano e onde eu aparentava estar bem... feliz.

Nada disso aconteceu! Ou a maioria da maioria...

Ando bem desmotivada desde que algumas coisas começaram a me afetar internamente e sentimentalmente, em especial a morte repentina e bruta do meu pequeno gato Gabe. Coisas essas que me sugam tanto que eu não tenho ânimo para sair de casa, me arrumar, estudar, passear, enfim, fazer absolutamente tudo. O que mais fiz foi dormir, choramingar e ficar doente. Sabe quando você SABE que ficar assim não irá te reerguer, mas do mesmo jeito insiste em ficar deitado porque não tem mais forças?! É isso... eu estava um caco. 

Talvez nada justifique a minha ausência e quebra de compromissos com algumas pessoas. Eu me culpo muito por ter sido tão ausente em certos lugares, parcerias, eventos, enfim... Acho que qualquer pessoa empática no meu lugar sentiria. Talvez isso só tenha aberto os meus olhos e me afirmado o quanto eu não estou preparada para querer fazer tudo ao mesmo tempo... Tentarei novamente, e desta vez aos pouquinhos.

Ainda estou chateada por saber que talvez eu não consiga cumprir a maioria das minhas metas: Eu ainda não arrumei um emprego, não investi e o blog não cresceu, não toquei no meu livro, não escrevi contos, não consegui juntar dinheiro para ir a Bienal, e não fiz o restante que tinha proposto em minhas metas. Confesso que estou MUITO desanimada, mas não é por causa disso que eu não vá tentar mais uma vez. Assim que é a vida, não é mesmo?

O lado bom é que consegui algumas pequenas conquistas em meio a todo esse chororô: Mudei meu visual - cortei o cabelo (antes enorme) bem curtinho  - e isso já me deu uns pontinhos a mais na alto-estima! Comecei a publicar o meu livro (meu original) no Wattpad e estou começando a divulgar para o mundo (em especial no Instagram: https://www.instagram.com/sagadilacerados)... Decidi que DO NADA começaria estudar e tentaria uma faculdade com o Enem, e estou caminhando! xD 

Foram essas pequenas "conquistas" que me reafirmaram que não devo desistir e prosseguir com os meus planos. E, mesmo que esse post pareça um tanto besta eu me sinto bem por estar botando tudo isso para fora e peço desculpas a todos que acreditaram em mim e me viram desaparecer por causa da maldita tristeza. Peço desculpas aos meus amigos que deixei falando sozinhos por mensagem, e desculpas aos amigos autores pela demora de cumprir alguns prazos... E mesmo que vocês digam Tudo bem, entendemos o que está sentindo, peço desculpas da mesma forma! 

Meu coração só queria botar tudo isso para fora e agora.

20.1.18

[RESENHA] Anjos na Escuridão - Lauren Kate


NOME: Anjos na Escuridão  // AUTOR: Lauren Kate
PÁGINAS: 98 // EDITORA: Galera Record // ANO: 2014
GÊNERO: Romance, Fantasia, Ficção, Jovem Adulto, Literatura Estrangeira

SINOPSE: Anjos na Escuridão é uma coleção de momentos intensos do mundo perigosamente romântico da série Fallen, lançado nos EUA apenas em e-book. Uma festa que acaba terrivelmente errado, Ariane em uma febre de compras celestial, Daniel navegando pelas ruas de L.A. e outras aventuras formam este conjunto de contos inesquecíveis para qualquer fã de Lauren Kate.



Anjos na Escuridão é o segundo spin-off da saga Fallen, sendo o primeiro Apaixonados. Este livro é composto de sete histórias do universo Fallen, sendo todas elas, explicativas em relação a algumas cenas dos livros. Nele vocês terão a chance de conhecer um pouco de Trevor, a relação dos demais anjos uns com os outros, e até mesmo ler uma das cenas deletadas de Êxtase (que após finalizar, agradeci por ter sido deletada, haha). 

O primeiro conto (O que aconteceu com Trevor) se passa no dia do acidente que matou Trevor, o paquera de Luce e não namorado, em um incêndio na cabana. Nele vocês tem um pouquinho deste ser (que não me agradou nem um pouco), Callie, e o cotidiano até então "normal" de Luce. Creio ser um dos contos mais aguardados pelos leitores da série, já que é uma das principais cenas de todo o enredo Fallen.

"Para todo mundo, a escuridão da noite significava o momento de ficar louco de um jeito bom. Para Luce, era quando as sombras apareciam. Um tipo ruim de loucura."
Pág. 15

O segundo conto (O dia de folga de Ariane) é mais para nos explicar um pouco da relação dos anjos com Luce, já que a história se passa um pouco antes de Lucinda chegar na Sword & Cross. Ariane e Roland estão fazendo compras (tudo para Luce) enquanto vemos o quanto Ariane gosta da garota e o quanto está com saudades e nervosa em vê-la. É como se fosse um tapa em nossa cara, pois vemos o porquê dos caídos estarem no internato (observando Luce) ao invés de seguirem com suas vidas (o que faz bastante sentido para os que leram todos os livros, já que Lucinda Price é a chave de tudo).

– Adoro quando ela volta. Quero dizer, claro que não do mesmo jeito que Daniel adora, é óbvio, mas sinto, de verdade, uma fagulha de empolgação com a expectativa de vê-la de novo... "
Ariane. Pág. 31

O terceiro conto (Daniel em Los Angeles) acho que é mais para mostrar a relação do anjo com Shelby (já que em Tormenta, somos surpreendidos quando Shelby diz a Luce a antiga relação que ela teve com Daniel). Eu fiquei um pouco confusa, confesso, já que não rola nada demais entre os dois (e se rolou, com certeza ocorreu em outra ocasião). Nesta história conhecemos um pouquinho sobre a vida de Shelby, o porquê de Daniel ter se aproximado dela, e vemos o momento exato em que Daniel é "capturado" e taxado como um delinquente, o que o fez parar na Sword & Cross (chega a ser engraçado).

"Não podia permitir que ela (Luce) se apaixonasse por ele mais uma vez. Ela merecia amar alguém sem ter de pagar por isso com a vida. E talvez conseguisse, se Daniel ficasse longe."
Pág. 46

O quarto conto (Miles no escuro) narra os sentimentos de Miles após presenciar a batalha no quintal dos pais de Luce (em Tormenta) e a decisão de mergulhar em um anunciador com Shelby. É um dos menores contos do livro, e infelizmente não senti tanta emoção ao lê-lo.

"Miles observava o suposto namorado de Luce tentando se recompor do próprio choque. Sua boca idiota se abriu e se fechou em silêncio. Daniel não sabia que a namorada podia fazer coisa alguma. Ele não tinha ideia do quanto ela era capaz."
Pág. 65

O quinto conto (Na sala de Francesca) conta o momento em Tormenta de quando Roland chega na Shoraline e como Francesca se sentiu após abrir um anunciador em sala e ver que Luce estava pronta.

"Lucinda Price estava pronta. E era isso que apavorava Francesca."
Pág. 71

O sexto conto (Cam vai à caça) é o momento em que Luce encontra Cam (também em Tormenta) na Shoreline. Porém, neste conto narra como Cam estava antes de conversar com ela. De como ele se sentia e de como havia agido ao encontrar uma Pária que estava atrás de Lucinda.

"Ali, na extremidade da floresta, ele estava fora do campo de visão do cais de Shoreline, onde os Nefilim estavam entretidos em outro de seus projetos insignificantes. Dava para observá-los dali. Ele poderia protegê-la sem ela saber."
Pág. 75

E no último conto (O sonho de Luce) é o qual temos a chance de ler a cena de Êxtase que foi deletada do livro (o que foi uma ótima escolha da Lauren, já que considerei um tanto sem nexo). Nele, Luce dialoga com Daniel e eles acabam chegando no assunto Trevor. Então é exatamente neste instante que nós, leitores, encaixamos as pecinhas do quebra-cabeça no lugar e "descobrimos" quem foi o responsável pela morte do rapaz (não diz com todas as palavras, mas dá um indício).

" – Porque nenhuma maldição é mais forte do que nosso amor. "
Pág. 90

Como todos os outros livros da saga, Anjos na Escuridão é narrado em 3ª pessoa, focando sempre no personagem a ser abordado em questão. A narrativa continua com a mesma característica da Lauren, porém um tanto mais breve (já que como a mesma afirmou em entrevistas, estes contos foram escritos para libertá-la dos bloqueios criativos nos momentos em que ainda estava escrevendo os livros da série). 
É um livro que veio para responder algumas curiosidades de Fallen e fazer com que os leitores matassem as saudades em relação a este universo. Mas acredito que se tivessem algumas outras respostas, ou até mesmo contos que realmente fossem relevantes, teria sido um livro muito melhor.

"Mas, mesmo contra todas as adversidades, o amor verdadeiro sempre vence. [...] O verdadeiro amor sempre vence a escuridão."
Orelha e quarta capa do livro

OPINIÃO: Eu gosto deste livro, porém só alguns contos valeram a pena. Eu não queria saber o que Miles estava sentindo, ou o que Cam estava fazendo antes de encontrar Luce em Shoraline!... Eu queria saber o que aconteceu com Callie e os pais de Luce (depois de Êxtase), por exemplo. Eu não gosto muito de falar sobre isso, porque eu entendo o porquê do livro ter sido feito. Mas seria legal se a Lauren Kate tivesse atendido os pedidos dos fãs de maneira ampla, já que não temos certeza se teremos algo mais do universo Fallen. Eu gosto de pensar que essas perguntas-não-respondidas serão realmente respondidas nos filmes da saga (por favor meu Deus), vamos ter esperanças! :) E... Meus contos preferidos do livro foi o número 1, 2 e 3, já que considerei os mais relevantes e os que mais se encaixam nos atos e gestos que os personagens ao decorrer da série tomaram.

fallen books




Lauren Kate cresceu em Dallas, estudou em Atlanta e começou a carreira de escritora 
em Nova York. Atualmente, é professora e vive em uma antiga fazenda na Califórnia.

12.1.18

[TAG] 18 livros para ler em 2018


Oi gente!!! Primeiramente gostaria de dizer que categorizei este post como uma tag, já que vi muitos blogs e portais fazendo, e resolvi fazer também! Segundamente, haha, vocês podem estar clicando nas fotos dos livros que uma nova abra irá direcioná-los para a página do Skoob de cada trama, assim vocês poderão saber mais sobre ela. E terceiramente, hihi, estarei listando em minha ordem de leitura, mas isso não significa que ao decorrer delas outros títulos que não estão nesta lista não possam entrar na frente. Certo?! :D

Bem... Eu diria que dezoito livros é muito para mim, porque essa é a minha média em todos os anos (desde que comecei a ler), mas isso não me intimidará! Neste ano quero dobrar minhas metas e ler como nunca e é por isso que estou fazendo este post com 18 livros que irei ler em 2018 (ressaltando também que, são livros que estavam parados em minha estante, por isso a maioria é "antigo"):

1. PODER EXTRA G


Há tempos (desde o Wattpad) que quero ler esse chick-lit da autora nacional Thati Machado! Ele entrou como primeiro da lista, porque não estou me aguentando de tanto esperar em ler esse livro lindo. Já dei uma folheada nele e, assim como todos os livros que li da Thati, tenho certeza que irei amar e dar muitas risadas!...

2. SINGULAR


Nada mais justo que ler a sequência de Poder Extra G (que na verdade, é um spin-off)! Eu não sei muito sobre ele ainda, mas a arte da capa e a sinopse já me fez criar várias teorias! Estou ansiosíssima para ler. Minhas expectativas estão nas alturas...

3. OS ANIMAIS TAMBÉM VÃO PARA O CÉU 


Fugindo totalmente do chick-lit e entrando no mundo dos pets, Os Animais Também Vão Para o Céu é uma antologia de contos organizada pela autora nacional Camila Pelegrini. O livro aborda o tema causa animal, e comprei faz algumas semanas (estou super ansiosa para que ele chegue logo em minha casa). Tenho certeza que irei me emocionar muito e aprender mais com esses bichinhos!

4. SÓ OS ANIMAIS SALVAM 


Outro livro sobre animais é este, da DarkSide Books! Escrito pela australiana Ceridwen Dovey, Só Os Animais Salvam é um livro recheado de diversas fábulas, todas narradas por animais - Ou pelas almas deles, pelo o que entendi. É um livro bastante comovente e estou ansiosa para me aventurar e chorar muito.

5. A SELEÇÃO 


E depois de muito tempo finalmente irei ler A Seleção, da americana Kiera Cass! Acho que a maioria conhece, menos eu (haha), e estou empolgada para ler. Tenho certeza que irei gostar, é o tipo de livro que me cativa! Irei ler a trilogia em si por enquanto, estarão listadas aqui embaixo:

6. A ELITE 



7. A ESCOLHA 



8. O PRÍNCIPE 


Soube dele recentemente e baixei gratuitamente pela Amazon. É um spin-off de A Seleção, e pela sinopse cheguei à conclusão de que ele se encaixará nas leituras após eu terminar a série. Eu amo spin-offs! (e isso, acho que vocês irão perceber, haha)

9. TEARDROP 


Da mesma autora da saga Fallen, a americana Lauren Kate, Teardrop aborda os mitos de Atlântida, a cidade que afundou. Eu já li este livro há uns dois anos, mas eu realmente não entrei de cabeça na leitura, então decidi reler para poder encerrar com o livro dois, Dilúvio

10. DILÚVIO 


Apesar de eu não ter conseguido ler Teardrop naquela época, estou ansiosíssima para reencontrar Eureka e os demais personagens da série, pois sou apaixonada pelo tema abordado. Sou fascinada por mitologias!... Tenho quase certeza que irei adorar, assim como amo de coração Fallen.

11. O LIVRO DAS PRINCESAS 


E é claro que após ler mais uma saga da Lauren Kate sentirei a curiosidade de saber como ela se saiu na antologia O Livro Das Princesas. Comprei essa segunda versão ano passado, se não me engano, e estou curiosa para saber como é os contos. O livro conta com histórias das autoras americanas Meg Cabot, Lauren Kate, e as brasileiras Paula Pimenta e Patrícia Barboza, com contos reformulados de algumas das princesas dos contos de fadas. Que orgulho, meninas!

12. TODA SUA 


E saindo do mundo dos contos de fadas e juvenis, entramos no mundo da ousadia e sensualidade! O romance adulto (18+) da americana Sylvia Day, que já li e irei reler (porque não lembro de quase nada) para finalmente encerrar com o ultimo livro lançado (que comprei e até hoje está parado, haha). A sequência estará todas aqui embaixo:

13. PROFUNDAMENTE SUA 



14. PARA SEMPRE SUA 



15. SOMENTE SUA 



16. TODO SEU 



17. UM DIA DOS NAMORADOS (IM)PERFEITO 


Voltando à literatura juvenil temos este spin-off de Amor Plus Size, nacional, e da autora Larissa Siriani! Li APS no ano passado, mas neste aqui, irei ler essa sequência que tenho certeza que será incrível! (apaixonada por essa capa, gente!)

18. VIDA E MORTE 


E tchãn tchãn tchãn tchããããn!!! O tão polêmico Vida e Morte, da americana Stephenie Meyer, está em minha lista! E sim, eu li novamente Crepúsculo, mas não tive coragem de ler Vida e Morte pelo simples fato de não estar com vontade, na época. Porque pelo o que vi, este mundo "novo" criado pela Stephenie é apenas um Ctrl+V editado (não me entendam mal!). É só que... Ela só mudou o sexo dos personagens e acrescentou algumas coisas. Então esperei a hora certa para ler e sinto que a hora chegou. Espero gostar... Porque eu realmente amo Crepúsculo! ^^


E essa foi a minha lista de leituras para 2018, gente! Sintam-se livres para colocar essa meta para vocês também e, quem sabe, até sair do atraso, assim como eu. Conta aqui para mim o que acham desses livros e me corrijam caso eu tenha dito algo errado. Estou empolgada para bater minha meta e trazer resenhas desses livros para vocês (amo expressar minhas opiniões de leitura)! 
Um beijo à todos! ♥


11.1.18

[RESENHA] Apaixonados - Lauren Kate


NOME: Apaixonados  // AUTOR: Lauren Kate
PÁGINAS: 182 // EDITORA: Galera Record // ANO: 2012
GÊNERO: Romance, Fantasia, Ficção, Jovem Adulto, Literatura Estrangeira

SINOPSE: A história de Luce e Daniel comprova a possibilidade do amor eterno. Mas a vida do casal não representa o único tipo de amor possível. Em Apaixonados, Lauren Kate se inspirou nas histórias recebidas pelos fãs ao longo do processo de publicação dos três primeiros volumes da série - Fallen, Tormenta e Paixão. Situado em um momento entre os acontecimentos de Paixão e de Rapture - último volume da série -, Apaixonados é um passeio por diferentes paixões através do tempo, aproximando os leitores das histórias de Miles, Shelby, Roland e Ariane.



apaixonados lauren kate

Apaixonados é o primeiro spin-off da saga sobre anjos Fallen, da autora Lauren Kate. É uma coletânea com quatro histórias inéditas envolvendo o dia dos namorados de alguns dos personagens da série e que muitos dos leitores amam. Nele, você verá que as quatro histórias estão conectadas, e conhecerá as dores e amores de Ariane, Roland, Miles e Shelby, e o casal principal Lucinda e Daniel.

O livro começa com a história de Shelby e Miles (O Amor Onde Menos se Espera), que ao acharem que conseguiram com sucesso voltar para Shoreline (depois do encontro com Daniel no livro Paixão) acabam descobrindo que foram parar na Idade Média. Entre pequenas "enrascadas" eles ficam sabendo que um festival de São Valentim irá acontecer na vila e, por acaso, encontram Lucinda daquela época vagando pelas ruas aparentando muita tristeza, o que os fazem saber de imediato o por quê. É com essa vontade sincera de querer ajudar o antigo eu da amiga que Shelby decide fazer o dia dos namorados de Lucinda e Daniel especial, e Miles acaba topando ajudar a amiga a encontrar o presente perfeito para ambos. Mas é em meio a todo esse ar romântico medieval que os dois mais novos amigos começam a perceber uma pequena chama se acender em seus corações...

"Apesar de todo seu cinismo declarado, Shelby precisava admitir que ela também acreditava no amor. E percebeu que, pela forma como Miles havia consolado Lucinda naquela tarde, que ele também."
Pág. 48

A segunda história (Lições de Amor) conta uma parte do passado de Roland que, eu acho, ninguém imaginaria: Seu romance com a princesa (acredito eu - me corrijam se eu estiver errada) Rosaline. Assim como Shelby e Miles, Roland acaba voltando para Idade Média, o que o fez esbarrar com os jovens e acabar ajudando-os com Lucinda e Daniel.  Só que mesmo tentando não mexer naquela parte de seu passado que Roland tanto queria esquecer que ele acabou revivendo os momentos mais importante de sua vida ao lado da amada. E é nesse pequeno período de tempo que Roland acaba cedendo à saudade e indo espiar Rosaline, que àquela altura já estava casada, para sua tristeza. Nesta história vemos o que o verdadeiro amor é capaz de fazer, mesmo que acabe magoando a si próprio, e pegamos algumas dicas das histórias do restante do livro. É lindo...

"Às vezes o amor não tinha a ver com vitórias, mas sim com sábios sacrifícios e apoio de amigos [...] A amizade, percebeu Roland, era em si um tipo especial de amor."
Pág. 102 

Na terceira história (Amor Ardente) vemos a rota de Ariane e finalmente entendemos o por quê de sua cicatriz no pescoço (o fim do mistério!). Minha história favorita do livro, conhecemos Tessriel, também uma caída, que vive um intenso amor com a nossa anjo tão querida, e novamente vemos o quanto escolhas precipitadas e orgulho pode acabar destruindo um amor para sempre. Tess, no passado, faz uma escolha assim como Ariane... Mas o que as duas não esperavam era o quanto a escolha de ambas poderia interferir tanto no romance das duas. É uma passagem muita linda e dramática, já vou logo dizendo, e ver como as duas se apaixonaram no início foi de esquentar o coração...

"Talvez Tess tivesse razão: quando um amante sofria com um coração partido, não importava o quanto desejasse ajudar, não poderia ser ele a sanar aquela dor."
Pág. 135

E finalmente e não menos importante, a quarta e ultima história (Amor Sem Fim) é o encaixe final para todas as histórias do livro. Temos Lucinda Price, nossa protagonista, junto de Bill, a gárgula, tirando uma "folguinha" em uma de suas vidas passadas. Como estávamos acostumado a ver em Paixão, Lucinda se une à seu eu do passado para vivenciar o seu único Dia dos Namorados ao lado de Daniel - O único Dia dos Namorados que ela teve com ele em todas as suas vidas. E é a partir daí que vemos todo o desenrolar da trama e chegamos aos finalmente. Não há tanto o que dizer... Fica melhor ainda quando se lê.

"Às vezes o amor necessitava de uma ajuda dos anjos da guarda para poder tirar os pés do chão. Mas, tão logo batia as asas pela primeira vez ensaiando voar, era preciso confiar que alçaria voo sozinho e pairaria nas mais elevadas alturas concebíveis, em direção aos céus... e além."
Pág. 181

O livro é narrado em 3° pessoa, assim como todos os livros da saga. Como eu disse no início, cada história foca em um dos personagens citados no resumo, e vemos um pouco do passados deles. É um livro bem característico da Lauren, com a mesma escrita romântica e cenas com aquela pitada de drama. Vale sim muito a pena ler! É um spin-off que não interfere na saga ao todo, então pode ficar tranquilo caso não queira ler, mas recomendo muito, já que algumas questões são reveladas. Mas todas tem a ver com o passado amoroso dos personagens e o quanto isso interferiu em suas personalidades...

OPINIÃO: Eu AMEI esse spin-off e acho que foi muito bem construído (mas infelizmente não digo o mesmo para "Anjos na Escuridão" - Resenha em breve). Como fallenática é um livro que sacia  nossas curiosidades para com os personagens que mais amamos e o que mais me deixou feliz foi ver o quanto as histórias não foram jogadas à toa no livro. Adorei. Como eu disse, minha passagem favorita foi a de Ariane, pois é uma história mais delicada e aborda o romance entre duas mulheres, e isso já foi um ponto a mais para mim. Eu só não fiquei muito assim como a história de Luce, porque aqui entre nós: Eu já estava cansada de ver o romance dos dois! HAHA Mas também é muito bonita e, com certeza, Apaixonados é um livro cheio de ensinamentos. 




Lauren Kate cresceu em Dallas, estudou em Atlanta e começou a carreira de escritora 
em Nova York. Atualmente, é professora e vive em uma antiga fazenda na Califórnia.